Poster Científico

Impacto de um Ambiente de Colaboração Mútua na Redução das Infeções da Corrente Sanguínea em UTI

Main Article Content

Thais C.G. Salles
Fábio C. Maurício
Juliana M.S. Melo
Katiane G. Felix
Kelvi D. Rodrigues
Eduardo A.S. Medeiros

Abstract

Introdução
As infeções relacionadas à assistência à saúde associadas a procedimentos invasivos em unidades de terapia intensiva (UTI) estão entre as principais causas de morte e aumento do tempo de internação.


Objetivo
Avaliar o impacto de uma estratégia multidisciplinar na redução de infecções de corrente sanguínea relacionadas a cateter venoso central (ICS-CVC).


Métodos
Foi realizado um estudo tipo coorte em três UTI de adultos, totalizando 36 leitos, de um hospital terciário localizado no sudeste do estado de São Paulo, Brasil. Foram comparados dois períodos: A) Janeiro a dezembro de 2018 (referência) e B) Janeiro a setembro de 2019 (período de melhoria contínua). O programa de prevenção de infeção associada a CVC foi revisto e a partir de janeiro de 2019 um enfermeiro de cada UTI tornou-se responsável pelo monitoramento das medidas preconizadas nos bundles de prevenção de ICS-CVC, com discussão diária com os membros integrantes do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH). Foram implementadas visitas multidisciplinares para a revisão da necessidade de permanência do CVC e a possibilidade de
sua retirada no momento da alta da UTI. Foi criado um ambiente de colaboração mútua com o apoio do coordenador de enfermagem, médicos da unidade e toda a equipe multidisciplinar para discussão e avaliação crítica dos casos de infeção.


Resultados
No período de janeiro a dezembro de 2018, a densidade de incidência de infecção associada a CVC foi de 1,0 por 1000 CVC/dia no período de referência e 0,2 ICS por 1000 CVC/dia no período de melhoria contínua (p<0,05). No ano de 2019 observamos uma diminuição sustentada das infecções e ampliamos este projeto para outros setores do hospital, com redução nas taxas de infeção.


Conclusão
A integração de ações das equipes com o objetivo de reduzir as taxas de incidência de ICS-CVC, priorizando a indicação e retirada precoce do dispositivo, tiveram importante impacto na redução das taxas de infeção.


Referências


  • Classen DC, Griffin FA, Berwick DM. (2017) Measuring Patient Safety in Real Time: An Essential Method for Effectively Improving the Safety of Care.
    Ann Intern Med 167:882–883.

  • Pronovost P, Needham D, Berenholtz S, Sinopoli D, Chu H, et al. (2006) An Intervention to Decrease Catheter-Related Bloodstream Infections in
    the ICU. N Engl J Med 355:2725-2732.

  • Brasil. Agência Nacional de Vigilância Sanitária Medidas de Prevenção de Infecção Relacionada à Assistência à Saúde. Brasília: Anvisa, 2017.

Article Details

How to Cite
Section
Poster Científico