Suporte Nutricional Artificial em Cuidados Intensivos: Que Realidade?

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Ana Rita Lopes
Joana Bernardo
Tânia Furtado
Vanessa Mártires

Resumo

Introdução
O doente admitido numa Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) é um doente crítico que apresenta um estado de stress catabólico, geralmente associado a uma resposta inflamatória sistémica.
A malnutrição tem sido associada a piores outcomes no doente crítico, com aumento da morbilidade, mortalidade e tempo de internamento hospitalar. Assim, o suporte nutricional precoce é visto como uma estratégia terapêutica proactiva que pode reduzir a gravidade da doença, diminuir complicações e diminuir o tempo de permanência na UCI.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
1.
Lopes A, Bernardo J, Furtado T, Mártires V. Suporte Nutricional Artificial em Cuidados Intensivos: Que Realidade?. LSJ [Internet]. 28 de Setembro de 2020 [citado 27 de Novembro de 2020];1(2). Disponível em: http://lusiadasscientificjournal.pt/index.php/lsj/article/view/14
Secção
Poster Científico